TOP 10 Músicas Gospel POP 2019 (Dezembro)


É hora de atualizar sua playlist com as melhores músicas cristãs do POP gospel, o Ligado no Gospel trouxe uma seleção incrível como novos nomes, super talentosos! Confira abaixo:

1. Gui Neris - Não Quero Crescer


2. Girassol - Priscilla Alcantara


3. Gabriela Rocha - Diz


4. Kemuel, Ton Carfi - Aba


5. João Mano - O Veterano


6. Preto e Branco - O Leão e a Igreja


7. Daniela Araújo & Estratagema de Deus - Consequências

Gabriela Rocha lança versão de "You Say" de Lauren Daigle, tema do Filme: Mais que Vencedores



Entre as músicas cristãs mais tocadas nos Estados Unidos, "You Say" é o single principal do álbum "Look Up Child", da cantora e compositora americana Lauren Daigle. O álbum foi lançado em julho de 2018 e tem se destacado no mercado gospel internacional. A música “You Say” também faz parte da trilha sonora do filme “Mais Que Vencedores (Overcomer)”, sexta produção da Kendrick Brothers, criadora de “Quarto de Guerra” e “À Prova de Fogo”.


Gabriela Rocha

Tocada pela letra da música e pela mensagem que o filme “Mais Que Vencedores” traz, Gabriela Rocha é a voz que interpretará a versão em português do single. Acompanhada por milhares de seguidores nas redes sociais e plataformas digitais, Gabriela tem suas músicas conhecidas por onde passa. "Diz", que será a versão em português de "You Say", promete ser uma das canções mais tocadas nas Igrejas. A cantora também lançará o clipe oficial, com direção de Alex Passos, e lançamento marcado para o dia 7 de novembro.


"Quando assisti ao filme pela primeira vez vi o quão essa mensagem precisa ser levada, o quanto esse tema é precioso para nossa geração, para o momento que vivemos hoje, participar cantando a música tema, foi um convite muito especial, e me sinto honrada, e tenho certeza que o filme vai transformar vidas!", afirma a cantora.



A campanha de lançamento da música "Diz" também vai contar com um desafio que será lançado por Gabriela Rocha: “Quem é você?”. A ideia é que na próxima semana sejam apresentadas frases que mostrem o que a Bíblia diz sobre a identidade que Deus dá aos Seus filhos, com base em Efésios 1 e 2 e temática do filme "Mais Que Vencedores".

Pesquisa revela que EUA não é mais um país com maioria cristãos

Os Estados Unidos estão se tornando um país menos cristão, e a maior queda é registrada entre os jovens americanos, segundo dados do instituto Pew Research Center publicados nesta quinta-feira (17).

Cerca de 65% dos adultos americanos se descrevem como cristãos, uma queda de 12 pontos percentuais nos últimos dez anos. Enquanto isso, a parcela de ateus e agnósticos agora é de 26%, contra 17% em 2009.

Tanto o protestantismo quanto o catolicismo estão sofrendo perdas de membros. Atualmente, 43% dos americanos se identificam com o protestantismo, abaixo dos 51% em 2009. E outros 20% se declaram católicos, abaixo dos 23% em 2009. 

Embora as igrejas e os movimentos religiosos continuem exercendo forte influência política no governo Trump, a proporção de americanos que frequenta os cultos religiosos diminuiu.

O número de americanos que vão à igreja pelo menos uma ou duas vezes por mês caiu 7 pontos percentuais na última década. Mais americanos agora frequentam os cultos apenas algumas vezes por ano ou menos (54%) — e 45% frequentam pelo menos mensalmente.

Menos da metade dos jovens americanos (49%) se descrevem como cristãos; quatro em cada 10 são religiosos e 9% se identificam com outras crenças.



O número de jovens que nunca vai a cultos religiosos (22%) é maior do que aqueles que frequentam a igreja pelo menos uma vez por semana.

O relatório da Pew diz que o declínio de cristãos continua em ritmo acelerado: “Os não-religiosos cresceram em vários grupos demográficos: brancos, negros e hispânicos; homens e mulheres; em todas as regiões do país; entre os graduados e aqueles com níveis mais baixos de escolaridade”.

“Os não-religiosos estão crescendo mais rápido entre os democratas (esquerda) do que os republicanos (direita), embora suas fileiras estejam aumentando nas duas coalizões partidárias. E, embora os não-religiosos estejam crescendo entre os jovens e a maioria dos adultos mais velhos, seu crescimento é mais pronunciado entre os jovens”, afirmou o relatório.

A parcela de adultos americanos que se identificam com crenças não-cristãs aumentou de 5% em 2009 para 7% em 2019. Entre eles, 2% dos americanos são judeus, 1% são muçulmanos, 1% são budistas, 1% são hindus e 3% se identificam com outras crenças.

Os dados da Pew Research Center são baseados em pesquisas feitas por telefone em 2018 e 2019.

Protesto contra Igreja Universal com centenas de pessoas resulta na morte de um jovem


A Igreja Universal do Reino de Deus está enfrentando uma crise sem precedentes em São Tomé e Príncipe, um país africano de língua portuguesa situado numa ilha no Oceano Atlântico. Protestos pela prisão de um pastor da denominação terminaram com um adolescente morto.



Na última quarta-feira, 16 de outubro, um protesto na sede da Universal em São Tomé e Príncipe com centenas de pessoas resultou na morte de um jovem, além de depredação dos templos da igreja no país. O ato violento se deve à prisão de um pastor são-tomense em Costa do Marfim.

Uidimilo Veloso, pastor da Universal em Costa do Marfim, foi condenado a um ano de prisão após a denominação pedir investigações às autoridades para apurar o autor de difamações, calúnias e ameaças contra a igreja nas redes sociais. A investigação apurou que o autor era o próprio pastor.

Assim que a notícia de sua prisão chegou a São Tomé e Príncipe, os fiéis da igreja se revoltaram e cobraram dos deputados que exigisse explicação da Universal pela prisão de seu compatriota. Os bispos da Universal na ilha compareceram à Assembleia dos Deputados e explicaram que a igreja não tinha determinado a prisão do pastor, e não tinha poderes para exigir das autoridades marfinenses a soltura de Veloso.



Ainda assim, os parlamentares são-tomenses deram um prazo de oito dias para que igreja providenciasse a soltura de Veloso, e como a denominação não pode cumpri-lo, os protestos se iniciaram, com alto grau de violência.

De acordo com informações do portal RFI, o protesto na capital São Tomé resultou na morte do adolescente, que teria sido alvejado por uma bala perdida. Esse incidente aumentou a ira das mais de 400 pessoas que protestavam em frente à sede da Universal, que passaram a depredar e saquear o templo, além de destruir várias viaturas.

A repercussão do tumulto levou outros são-tomenses a repetirem o vandalismo em templos das localidades de Boa Morte, Bobo Forro, Trindade, Água Bobô e Praia Melão.

O portal África 21 Digital informou que o jovem assassinado tinha entre 15 e 17 anos, e os fiéis gritavam palavras de ordem exigindo a soltura do pastor Veloso no país vizinho. “Queremos o nosso pastor” e “o povo deu, o povo tirou” eram algumas da frases repetidas pela multidão.

Kanye West pede a Kim Kardashian que pare de usar vestidos reveladores, pois isso 'o afeta' como cristão

Kanye West falou contra sua esposa, Kim Kardashian, por usar vestidos reveladores em público, dizendo que o modo como ela se apresenta em público o afeta negativamente como cristão nascido de novo.
O casal de celebridades brigou em um episódio recente de seu programa, "Keeping Up With The Kardashians", depois que West se manifestou contra a decisão de Kardashian de usar roupas reveladoras em público. No entanto, ela respondeu que estava em um caminho diferente para ele.



O debate foi desencadeado pela decisão de Kardashian de usar um vestido apertado de Thierry Mugler no Met Gala Ball de 2019. O vestido de grife tinha sido feito na cor da pele para dar a impressão de que ela estava nua com água pingando em seu corpo.

West disse à esposa: "Acabei de passar por essa transição de rapper, olhando para todas essas garotas e olhando para minha esposa, tipo 'Ah, minha garota precisa ser igual às outras garotas mostrando seu corpo'.

"Eu não sabia que isso estava afetando minha alma e meu espírito como alguém casado e pai de agora ... prestes a ter quatro filhos. Um espartilho é uma forma de roupa íntima. Está quente. Para quem, porém?"

West tem sido famosa por sediar eventos semanais do Serviço Dominical ao longo do ano, que atraíram milhares de participantes. Os eventos apresentam música gospel de West e sua banda e, mais recentemente, sermões também foram introduzidos.

Kardashian respondeu ao marido: "Você está me dando muita ansiedade. Você sabia que ontem à noite eu estava com uma ansiedade muito ruim e não preciso de mais energia negativa, para dizer que agora não está gostando de mim. vestido apertado."

Ao que West respondeu: "Você é minha esposa e isso me afeta quando as fotos são muito sexy".

No entanto, Kardashian respondeu: "Você me criou para ser essa pessoa sexy, confiança e todas essas coisas, e só porque você está em uma jornada e transformação não significa que eu estou no mesmo lugar que você".

A troca terminou com West simplesmente respondendo "OK" antes de sair da sala.

Sarah Evlen lança o single e videoclipe “Até Transbordar”


A garotinha que começou a cantar com apenas três anos de idade, hoje lança, pela Fluve/Som Livre, o seu segundo projeto de carreira, o single “Até Transbordar”. Aos sete anos, depois de um grande milagre ao ser curada de leucemia, Sarah Evlen passou a receber convites para cantar em várias igrejas. Em 2016, ela gravou “Pra te Adorar”, seu primeiro trabalho.

“A partir de 2018, passei a contar com a assessoria da AL Agenciamentos. Neste ano, 2019, estamos lançando mais dois novos singles. É mais uma parte da promessa de Deus sendo cumprida em minha vida”, diz emocionada Sarah Evlen.

Gravado no Riomar Studios, no Rio de Janeiro, “Até Transbordar” é composição de Robert Lucas, ex-The Voice kids, da Rede Globo. A tônica da canção é o desejo pela presença de Deus e tem a adoração como objetivo principal: “Esta canção nos envolve e nos leva a nos entregarmos completamente à adoração. E, como o próprio nome diz, nos impulsiona a sermos cheios ‘Até Transbordar’. Este é o desejo do meu coração, ver toda esta geração transbordando da presença de Jesus”, explica Evlen.

A cantora conta que a produção do single teve início com a escolha das músicas junto ao seu produtor artístico, Angelo Luiz. Depois de receber essa composição do Robert Lucas, foi dado início a produção da canção de acordo com a identidade que gostariam de dar a ela. “Depois da produção em Brasília, gravei a voz no Riomar Studios no Rio de Janeiro. Em seguida, veio o processo de finalização, com a masterização e a mixagem. Então, procedemos com a gravação do clipe.”

A direção geral de todo o projeto de “Até Transbordar” foi feita por Angelo Luiz, da AL Agenciamentos; direção de fotografia de Alê Barraque; produção Musical, Ronan Barros.


O clipe foi gravado no interior de São Paulo, em Vinhedo, em uma estação de trem desativada, dentro de um dos vagões. A ideia foi dar ao clipe um ambiente retrô, o que foi alcançado com muita propriedade. 

A cantora conta um fato muito interessante que aconteceu durante a gravação do clipe: “Estávamos gravando quando houve um problema com o sistema elétrico e ficamos sem energia elétrica. Os vizinhos que moravam perto do local da gravação se disponibilizaram e forneceram tudo que precisávamos para continuar nosso trabalho. Foi maravilhoso ver e sentir o carinho dessas pessoas e o cuidado de Deus conosco!”
Sarah explica que a música “Até Transbordar” ministra exatamente o desejo do seu coração, que é o de ver uma geração cheia até transbordar da presença de Deus: “Deus procura adoradores que o adorem em espírito e em verdade. Que você faça parte desta geração que não experimenta apenas o raso, que não se entrega pela metade, mas que se rende completamente e vive o profundo na presença de Deus. Que por meio deste louvor, você se sinta bem pertinho do Pai, que você se derrame por completo na presença dEle e estreite cada vez mais o seu relacionamento com Ele e seja um canal do amor, do perdão e da Salvação que Ele nos oferece por meio de Jesus Cristo.” (Sarah Evlen)

Confira o videoclipe: 

Veja tenta criar polêmica com matéria infeliz sobre Aline Barros e Léo Áquilla


Após um show beneficente que aconteceu em São Paulo, no dia 17 de junho, a revista Veja publicou uma matéria, que diz que a cantora e pastora Aline Barros, teria destratado o transformista Léo Áquilla, por não a cumprimentar e nem ter olhado na cara da mesma, que foi cerimonialista contratado pelo Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAAC), para comandar o evento.

Áquila se pronunciou em um vídeo no YouTube, em que afirmou que Aline foi preconceituosa, e que não a cumprimentou e a ignorou por completo. Ainda ressaltou que ela mesma, não falou nada e que a platéia percebeu o constrangimento e relatou a Revista Veja. Léo Áquila disse que já estava apresentando o evento há dois dias e que Aline chegou no final,sem nenhuma educação.

Léo Áquila, chegou a chamar Aline Barros de “dondoca” e reforçou que o comportamento preconceituoso da artista não é de uma pessoa de Deus, “é do capeta". O apresentador ainda afirmou que já está acostumado a sofrer preconceito e que já foi retirado de um canal de televisão a pedido de uma outra cantora.

Aline Barros está fora do país, e Gilmar Santos, esposo da cantora explicou ao Pleno.News, o mal-entendido, dizendo que apesar de toda a equipe ter chegado cedo ao local do evento, o show acabou atrasando, e Aline precisou se apressar para não perder o voo, disse o pastor.

A gente fez tudo no relógio para poder dar tempo. Chegamos um pouco mais cedo para atender as pessoas porque seria nossa última ponte aérea. Quando a Aline acabou, a organização pediu que ela voltasse ao palco para entregar a chave de um carro a um vencedor. Ela pegou a chave da mão do Léo Áquilla, entregou a quem tinha ganhado o carro e saímos correndo – explicou Gilmar.

Gilmar ainda lembra que o cantor Marcos, da dupla com Belutti, que dividiu o microfone com Aline Barros no Altas Horas, chegou a ligar para eles querendo dar um abraço no casal. Entretanto, eles já estavam entrando no avião e não puderam falar com o artista, que também era uma das atrações do evento.

Ainda segundo o site, o marido de Aline Brros, entrou em contato com a revista Veja pedindo uma retratação pela publicação polêmica e equivocada, feita pela revista.

Essa não é a primeira vez que a cantora se encontra envolto em polêmica com pessoas da comunidade LGBT, embora comentários em blog de fofoca gospel, e no vídeo publicado sugere crime de homofobia, o ocorrido não se caracteriza em nenhum crime.

De acordo com a nova lei sobre “homofobia” aprovada pelo (STF), o Supremo Tribunal Federal, religiosos poderão pregar, evangelizar, realizar cultos, desde que tais manifestações não configurem “discurso de ódio‘ que incitem a discriminação, ou a violência contra pessoas em razão de sua orientação sexual ou de gênero.

Em março deste ano, a cantora Aline Barros venceu na justiça, um processo em que foi acusada por sua ex-backing vocal, de tê-la demitida por ser homossexual em que pedia R$ 1 milhão de indenização sob pretexto de discriminação.

Crise do Sudão: Porta está 'bem aberta' para o Evangelho

CLARKSTON, Geórgia - Apesar dos contínuos protestos e violência na nação do Sudão, Abraham Deng vê Deus abrindo uma porta para a igreja dar frutos, particularmente entre os muçulmanos.


Deng, que veio para a América como refugiado do que hoje é o Sudão do Sul, visita frequentemente a sua cidade natal no Sudão do Sul e visita a sua esposa e três filhos na nação do Sudão enquanto aguardam aprovação para se mudarem para os Estados Unidos.

Crise do Sudão: Porta está 'bem aberta' para o Evangelho - Baptist Messenger of Oklahoma
Abraham Deng lidera o culto para a reunião da congregação sudanesa em Clarkston International Bible Church, no nordeste de Atlanta. 
Foto enviada

Deng contou que três mulheres vieram à igreja local durante sua visita ao Sudão nesta primavera dizendo que precisavam seguir "o filho de Maria" depois de vê-lo em um sonho.

“Eu tinha ouvido relatos de pessoas dizendo: 'Eu vi Jesus em um sonho' ou 'Eu ouvi em filmes', mas eu nunca falei com alguém cara a cara me dizendo que eles viram Jesus em um sonho, e 'Ele me pediu para segui-lo e me orientou a ir à igreja. '”

Esta não é uma ocorrência única, pois os eventos que aconteceram no Sudão “abriram a porta” para compartilhar o Evangelho com os muçulmanos.

"Nós oramos com eles e eles aceitaram a Cristo, e muitos outros deram suas vidas a Cristo durante esta crise", disse Deng. “Eles dizem que estão cansados ​​do Islã, que o Islã não é mais a verdadeira religião.

“Eu testemunhei muitos muçulmanos vindo a Cristo durante esses dias. Até mesmo alguns muçulmanos que ainda não se converteram vêm à igreja e dizem: 'Por favor, orem para que o país esteja em paz, porque nosso deus não pode nos salvar, mas seu Deus como cristãos, seu Jesus pode nos salvar' ”.

Mais de 5.000 exemplares do Novo Testamento em árabe foram distribuídos pessoalmente por Deng durante sua viagem ao Sudão na primavera, e ele atualmente está no meio de outra viagem por lá.

Além de compartilhar o Evangelho no Sudão, Deng é um dos fundadores e atuais líderes de culto de uma congregação de refugiados sudaneses que se encontram na Clarkston International Bible Church (CIBC), na Geórgia.

Mais de 60 países e 100 idiomas estão representados em Clarkston devido a um programa de reassentamento de refugiados iniciado na década de 1990.

O pastor principal, Trent DeLoach, disse que o CIBC hospeda várias congregações étnicas durante anos, com o Sudão se reunindo há mais de 10 anos.

"Tentamos funcionar como uma família de igrejas e elas são uma grande parte disso", disse DeLoach. “Nós os amamos, eles nos amam e há relacionamentos entre os líderes. Conseguimos ajudá-los com alguns de seus esforços de divulgação e, por sua vez, eles nos ajudaram com nossos esforços de divulgação. ”

Um dos ministérios da congregação sudanesa é uma única Conferência da Família Cristã Sudanesa, que acontece anualmente desde 2009.

“O NAMB, a Convenção Batista da Geórgia e o CIBC foram realmente uma grande parte de nos apoiar financeiramente para estabelecer essa conferência”, disse Deng. “Tem sido muito bom trabalhar em conjunto com o CIBC, e estou ansioso por mais parcerias em uma escala maior, não apenas com o CIBC, mas com outras igrejas Batistas do Sul para nos ajudar.”

Em 2017, a CIBC fez uma parceria com a NAMB para criar um Centro de Ministério de Envio de Auxílio em Clarkston, com o DeLoach como diretor. A construção está em andamento para o novo centro e deve ser concluída em 18 meses. Múltiplas igrejas e ministérios continuam a funcionar mesmo quando a construção está em andamento.

“A NAMB ama refugiados e eles têm um papel único a desempenhar em chamar nossa família de igrejas Batistas do Sul para ter uma abordagem bíblica em relação a refugiados amorosos”, disse DeLoach.

A oportunidade de trabalhar com diferentes etnias ajudou a DeLoach a perceber a importância de orar por irmãos e irmãs nascidos no exterior quando surgem crises em todo o mundo.

"Acredito que o ministério transcultural mais frutífero e benéfico nasce da oração", disse DeLoach. "Eu garanto a você que todas as cidades do nosso grande país têm algum elemento de pessoas nascidas no exterior que moram lá, e queremos que toda a nossa família batista do sul dê um passo em direção a refugiados e internacionais com o amor e a compaixão de Cristo."

Deng disse que as formas pelas quais a igreja na América pode orar pelo Sudão incluem segurança no país, para que os civis recebam o controle do governo (para garantir a liberdade religiosa dos cristãos) e que os cristãos no Sudão “dêem um passo de fé e audácia”. Deus tem para nós.

Deng usou uma metáfora de Deus sacudindo uma árvore para descrever a crise no Sudão - uma experiência difícil e dolorosa que, em última instância, produzirá grandes frutos tanto no Sudão quanto na América.

"Deus abalou o país, e os muçulmanos agora estão caindo como fruto e a igreja tem que ir buscar essa fruta."