Malafaia chama de "cambada de inescrupulosos": evangélicos que pedem impeachment de Bolsonaro

Um documento assinado por mais de 380 líderes evangélicos e católicos de todo o Brasil pede o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), terá que lidar com mais um pedido,  protocolado hoje na Câmara, em cerimônia simbólica. Pastores, bispos e padres que não puderam comparecer por conta do isolamento social na pandemia foram representados pela pastora Romi Bencke, secretária-geral do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, e Daniel Seidel, secretário-geral da Comissão Brasileira de Justiça e Paz da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).


O manifesto não agradou a todos, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, afirmou que os evangélicos favoráveis ao afastamento do presidente Jair Bolsonaro não representam a maioria dos fiéis desse segmento no País. confira o posicionamento do Pr na íntegra:

 


Postar um comentário (0)
notícia anterior próxima publicação