Flordelis é apontada como uma das participantes do crime


O caso do pastor Anderson do Carmo morto a tiros na madrugada do último domingo (16), ainda não teve resolução, mas segundo a delegada, pode haver mais de uma motivação para a morte.

A delegada Barbara Lomba, da DHNSGI (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo), em entrevista coletiva nesta sexta, não confirmou o teor desse depoimento.

“O que temos de oficial para anunciar neste momento é que a arma do crime foi encontrada na casa da família, assim como os estojos de bala, e que Flávio [dos Santos Rodrigues, 38 anos, filho biológico de Flordelis e enteado de Souza] confessou o crime.”

Segundo reportagens do jornal O Globo e da TV Record, um dos filhos de Flordelis, que não teve a identidade ainda revelada, prestou depoimento e disse desconfiar de uma possível participação da mãe e de três irmãs -além dos dois irmãos presos-, na morte do pastor, no último domingo (16).

Um comentário

Comentários ofensivos são excluídos sem aviso prévio. Contato: ligadonogospel@live.com
EmoticonEmoticon