Aline Barros, Priscilla Alcantara, André Valadão e Thalles Roberto cancelam participação no Festival da Igreja da Unificação

Após inúmeras polêmicas e denúncias, todos os cantores convidados cancelaram a participação


O  evento promovido pela Igreja da Unificação, uma seita coreana fundada pelo Reverendo Moon, nos últimos dias vem sendo divulgado que a responsável é a coreana Hak Ja Han Moon, viúva do reverendo Sun Myung Moon, líder da seita Igreja da Unificação. Após Silas Malafaia denunciar em um vídeo a índole do evento intitulado "Festival Família". Todos os cantores convidados, cancelaram sua participação, dentre eles Priscilla Alcantara, Aline Barros, André Valadão e Thalles Roberto. 

Moon dizia ser uma reencarnação de Jesus e que estaria na terra para “terminar a sua obra”. No passado, a Igreja da Unificação já procurou aproximação com segmentos evangélicos. Em 2011, realizou um evento no Brasil e se aproximou de lideranças da Assembleia de Deus Ministério Madureira.

Essa nova investida, com a contratação de nomes conhecidos do meio gospel, fez soar o alarme entre vários pastores. Contudo, o pastor Silas Malafaia foi contundente no vídeo que divulgou nesta terça (24). Conforme alerta Malafaia, a seita está tentando novamente enganar os evangélicos. “É uma heresia e um falso Cristo”, destacou, acrescentando: “Eles vêm com um evento de família”.


Citando 2 Coríntios 6:14, disse que não poderia haver “comunhão da luz com as trevas”. Pedindo que as pessoas não participassem, disparou: “O diabo sabe usar as suas estratégias. Não caiam nesse engodo, não entrem nisso”.

Nesta quarta-feira (25), os cantores André Valadão, Aline Barros, Priscilla Alcântara e Thalles Roberto cancelaram suas participações no evento Festival Família 2018 por meio de uma nota nas redes sociais.

Ele está marcado para o dia 4 de agosto no Allianz Parque, na cidade de São Paulo.