Ex-ator Guilherme de Pádua se torna pastor evangélico

Guilherme de Pádua agora é pastor evangélico da Igreja Batista

Guilherme de Pádua, 48 anos, se tornou pastor evangélico. O ex-ator se converteu à religião em 2002, um ano após deixar a prisão em que cumpria pena pelo assassinato da atriz Daniella Perez em 92. Ele foi nomeado no último final de semana em Belo Horizonte (MG), cidade em que reside.

“Enfim, agora Pastor Guilherme! Ele esperou mais que 15 anos para que esse dia chegasse, mas como nós dissemos, tudo no tempo do senhor. Chegou o seu tempo, meu amor”, escreveu a atual esposa, Juliana Lacerda, em suas redes sociais.


Nessa quinta-feira (28), o novelista Walcyr Carrasco usou suas redes sociais para lembrar a morte de Daniella Perez e repudiar a liberdade de seus assassinos, Guilherme de Pádua e Paula Thomaz. “25 anos que perdemos Daniella Perez pelas mãos de assassinos torpes que hoje estão soltos, refazendo suas vidas. Ela mudou de nome, ele virou pastor de igreja. Um abraço carinhoso à amiga @gloriafperez que, em meio à dor e à saudade, se mantém forte lutando por Justiça”, escreveu o autor de “O outro lado do paraíso”.

Depois do crime, Guilherme de Pádua teve a carreira destruída. O autor do crime cumpriu sete anos em regime fechado e logo depois de sair se divorciou de Paula Thomaz. Depois disso, ele passou a frequentar a Igreja Batista Lagoinha, a mesma do grupo musical Diante do Trono, em Minas Gerais. Em 2006 ele se casou com uma colega da igreja, mas se separou. Em 2017, casou novamente, dessa vez com a estudante de moda Juliana La cerda. Recentemente ele foi graduado pastor da Igreja Batista.