O pastor e cantor gospel Melquiades Santos Neto, conhecido como Netto Paz, ex-vocalista da banda Shalom, de 37 anos, morreu após ser baleado dentro do próprio carro, no entroncamento da cidade de Ibirapitanga, sul da Bahia, na noite de quarta-feira (25). A filha dele de 12 anos também foi atingida de raspão no peito, socorrida e não corre risco de morrer.

Além de Netto e a filha de 12 anos, também estavam no carro a outra filha dele, de sete anos, a mulher dele, Flávia Sampaio Oliveira, e um pastor que é natural do Pará. Flávia se machucou na boca e os demais não ficaram feridos.

A amiga da família Louane Silva Santana contou que o crime ocorreu quando Netto chegava na cidade de Ibirapitanga, depois de ter ido em Ubaitaba para comer acarajé com o pastor que veio do outro estado. Dois homens em um carro branco chegaram atirando, sem anunciar assalto e não levaram nada das vítimas. Ele perdeu o controle do carro, que caiu na ribanceira.
“A gente nem consegue imaginar o motivo (da morte), porque ele era uma pessoa do bem que só pensava em ajudar. A gente não consegue ter ideia do que pode ter acontecido. Ele não tinha inimigos e era amado por todos”, disse Louane.

A filha do pastor que foi atingida de raspão está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, e passa bem.

Depois do ataque, policiais da Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), com sede fica no município vizinho, Ubaitaba, fizeram buscas na região pelos suspeitos, mas não conseguiu localizá-los.

Segundo o titular da 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), Evy Paternostro, a Polícia Civil em Ibirapitanga está colhendo informações e irá investigar o crime. A autoria e motivação ainda são desconhecidas.

Por uma ironia do destino, o cantor - que também era pastor em Ilhéus, na Bahia, sua cidade natal – levava a PAZ em seu nome artístico, ontem se tornou mais uma vítima da violência que assola o nosso país. E foi impiedosamente assassinado após uma tentativa de assalto em Ibirapitinga, na Bahia, onde ia cumprir uma agenda de compromissos, em razão de show que ele faria na cidade na noite de ontem (25).

Consternados com essa triste notícia, nos solidarizamos com a esposa, Flávia Sampaio, as filhas Rayssa e Ester, aos demais membros da família e amigos do cantor, que neste ano completava seus 20 anos de carreira musical.

Via G1