Marido de Bianca Toledo abusou do filho dela de 5 anos, afirma senador Magno Malta


O senador Magno Malta afirmou, agora há pouco no plenário do Senado Federal, que o pastor  Felipe Garcia Heiderich Segundo abusou sexualmente o filho da sua mulher, a também  pastora Bianca Toledo. O senador, que presidiu a CPI da Pedofilia, defende prisão perpétua para abusadores de crianças. “Ela descobriu que esse falso pastor estava abusando do seu filhinho de cinco anos de idade (…) O garoto relata todos os fatos e já foi ouvido por psicólogos”, destacou. Em outro momento, o senador afirmou:  “Não consigo conviver com o pedófilo nem com seu crime de pedofilia (…) o pedófilo é uma sombra capaz de enganar todos”, declarou. Malta, que chamou Felipe, de falso pastor e afirmou ainda que ele confessou o crime.

Foi publicado em sua página oficial do Facebook:
Senador Magno Malta, em plenário, relata o drama da pastora Bianca Toledo, que teve o filho de cinco anos, abusado pelo ex-marido, o pastor Felipe Heiderich, que já está preso na unidade de Bangu, no Rio de Janeiro, Lideranças religiosas, pela responsabilidade, pediram ao senador para expor as verdades com transparência para todo o Brasil. Magno Malta, que chamou Felipe, de falso pastor, que é réu confesso, inclusive assumiu o homossexualismo, explicou que o ex-marido da pastora Bianca tem que pagar pelos seus atos. O senador, que presidiu a CPI da Pedofilia, defende prisão perpétua para abusadores de crianças.

ASSISTA:


O pastor Felipe Garcia Heiderich, marido da pastora Bianca Toledo, está preso na Cadeia Pública José Frederico Marques, localizada no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro ao CORREIO. De acordo com Bianca, ele foi levado para a penitenciária após pedido de Prisão do Ministério Público do estado.

"Que esse desgraçado apodreça na cadeia" comenta Magno Malta sobre marido de Bianco Toledo
Postar um comentário (0)
notícia anterior próxima publicação