David Johnson, missionário americano de 34 anos
David Johnson, um missionário de 34 anos, foi preso por um grupo do Estado Islâmico na Síria, e surpreendentemente fora solto após cantar uma canção em árabe sobre a ressurreição de Jesus. Johnson conta que certo dia avistou um grupo de milicianos extremistas muçulmanos e foi os cumprimentar, mas os soldados perceberam que ele tratava-se de um americano, e pensando que ele fosse uma ameaça, sequestraram-o.

"Minha comunidade, em vez de entrar em pânico, foi à igreja e começaram a liturgia. Começaram a rezar, fizeram uma missa. Eu estava nas mãos de Deus e não sentia medo", testemunhou o missionário ao Grupo ACI em Denver.

Segundo Johnson, após cantar uma canção que falava a respeito da ressurreição de Jesus, os soldados pediram que ele cantasse outra vez, pois nunca haviam ouvido algo parecido antes. "Eles me diziam que nunca tinham escutado isso antes e me pediram que cantasse novamente. Sendo assim cantei outra vez 'Cristo ressuscitou dentre os mortos vencendo a morte e difundindo a vida entre as tumbas'", relatou.

O missionário conta que os sequestradores levaram ele para cantar a outros integrantes da milícia. "Abriram as portas do seu acampamento e me obrigaram a cantar sobre a ressurreição a um grupo de soldados... e começaram a aplaudir! Pensei que era um sonho, que estava em uma realidade alternativa", disse David Johnson.

Fonte: Gospel Prime