Após repercussão, ministro desiste de limitar banda larga fixa

Kassab, esclarece que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor.


O ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) recuou em relação ao limite de dados da banda larga fixa. Em entrevista ao site Poder360, havia declarado que até o final de 2017 haveria limite de dados para usuários deste tipo de conexão. Assista:

No dia seguinte à publicação do material, após forte repercussão, voltou atrás. Em nota, Kassab afirma: “não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa”.

Mais cedo nesta sexta-feira, o presidente da Anatel, Juarez Quadros, havia desdito o ministro. Segundo ele, Kassab “se equivocou” na declaração.

A agência reguladora, afirma Quadros, “não pensa e nunca pensou em retirar a medida cautelar que está em vigor e que permite o uso ilimitado de dados [em pacotes de internet de banda larga fixa]”.

EIS A NOTA DE KASSAB:
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, esclarece que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor.

com informações Poder 360