Feliciano discute com Felipe Neto no twitter e marcam debate

A discussão entre o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) e as celebridades das redes sociais Rafinha Bastos, Felipe Neto e o ator José de A...


A discussão entre o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) e as celebridades das redes sociais Rafinha Bastos, Felipe Neto e o ator José de Abreu se estendeu no Twitter e virou motivo de gozação do perfil Porque Tretas.

O youtuber Felipe Neto não aceitou as respostas dadas por Feliciano a ele, após chamar o pastor de “boçal”, e sugeriu um debate ao vivo, o que foi prontamente aceitado pelo pastor.

“Prezado Marco Feliciano, eu não vou debater com você por Twitter. Quer debater? Nomeie dia e hora e eu vou com minha equipe pra gravar”, disse Neto.

“Perfeito, Felipe Neto. Quinta-feira, 16/06, 13h00, anexo 4, 2º andar, gabinete 254. Câmara dos Deputados, Brasília. Será um prazer receber você e sua equipe”, respondeu o pastor.

Esse foi o bate-boca público que mais se alongou. Feliciano foi atacado pelos três por dizer que lamentava que parte da comunidade LGBT estava tentando se promover em cima da tragédia de Orlando, tentando criar relação com o ataque terrorista com as igrejas evangélicas brasileiras.

José de Abreu chamou o pastor de “animal” e insinuou que ele roubava dinheiro dos fiéis, enquanto Rafinha Bastos sugeriu que Feliciano era quem tentava se promover e o definiu como “retrógrado”.

As respostas de Feliciano a Abreu e Rafinha foram dignas de nota do Porque Tretas: o ator virou “lhama cuspidora”, por causa do episódio em que ele agrediu uma mulher que criticou sua ideologia política em um restaurante japonês, em São Paulo, e Rafinha Bastos foi lembrado pelo pastor que o próprio humorista já havia sido acusado de homofobia e apologia à pedofilia.