Pastor Ney é preso em flagrante pela Polícia Civil por estelionato

O missionário Silviney Vieira Maciel, 42, conhecido como “Pastor Ney”, foi preso em flagrante pela Polícia Civil por cometer estelionat...


O missionário Silviney Vieira Maciel, 42, conhecido como “Pastor Ney”, foi preso em flagrante pela Polícia Civil por cometer estelionato em Manaus. Segundo a polícia, ele se passava por pastor e vendia terrenos que não era dele.

A prisão foi feita na manhã de ontem, segunda-feira (30), por uma equipe de investigação do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus. Durante coletiva de imprensa nesta terça, o “Pastor Ney” cantou uma música gospel.

De acordo com o delegado Raul Augusto, titular do 2º DIP, o suspeito se identificava como pastor evangélico e enganava vítimas fazendo venda ilegal de terrenos na cidade, sendo que os imóveis eram particulares e não estavam à venda. Ao todo, ele fez 30 vítimas até agora e a polícia acredita que ele tenha faturado R$ 250 mil.

Conforme o delegado, uma das vítimas desconfiou do golpe e armou para o suspeito ser preso. A vítima marcou com o “Pastor Ney” na casa dela e acionou a Polícia Civil e Militar. O suspeito disse que agia em nome de uma pastora, que não teve o nome identificado.