Fã atira contra Ana Hickmann e mata concunhada

Homem invadiu hotel onde apresentadora está hospedada e disparou contra ela, mas tiros atingiram concunhada dela A apresentadora e mod...

Homem invadiu hotel onde apresentadora está hospedada e disparou contra ela, mas tiros atingiram concunhada dela


A apresentadora e modelo Ana Hickman foi alvo de um atentado por um fã que atirou contra ela, mas atingiu a concunhada e foi morto em seguida pelo cunhado. O atirador foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, desempregado e morador de Juiz de Fora.

Segundo o jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte, o atirador rendeu Gustavo Corrêa, cunhado de Ana Hickman, no corredor do hotel onde a apresentadora estava hospedada, disse ser amante dela e o obrigou a levá-lo até o quarto, onde estavam Ana e a esposa de Gustavo, Giovana Alves de Oliveira.

Segundo o jornal mineiro, Rodrigo obrigou os três a sentarem-se na cama e xingou várias vezes a apresentadora, chamando-a de "cadela".Em algum momento da ação, Rodrigo disparou contra Ana Hickman e acabou acertando dois disparos em Giovana, um deles no abdôme.

Gustavo reagiu, tomou a arma do atirador e o matou com três tiros no rosto. A esposa dele foi submetida a cirurgia por cirurgia

Ana Hickman foi à capital mineira para lançar uma coleção de roupas. Ela estava hospedada no Hotel Caesar Business, no bairro Belvedere, em Belo Horizonte.

O atirador foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, morador de Juiz de Fora. O irmão mais velho dele, muito nervoso, conversou com a imprensa na porta do hotel e falou que seu irmão era uma pessoa reservada, carinhosa e nunca teve arma.

Por mensagens deixadas no Instagram da apresentadora, a família descobriu uma paixão de Rodrigo por Ana Hickman que até então desconhecia.