GRUPO MR1 APRESENTA EXPO ISRAEL - FEIRA INTERNACIONAL DA CULTURA JUDAICA

Depois da consolidação do Salão Internacional Gospel, feira que hoje representa o setor evangélico no Brasil e que já caminha ...




Depois da consolidação do Salão Internacional Gospel, feira que hoje representa o setor evangélico no Brasil e que já caminha para a sua quinta edição, essa semana o Grupo MR1 lançou em sua rede social mais uma grande feira, a “EXPO ISRAEL – Feira Internacional da Cultura Judaica”, que vai ser a primeira feira voltada para judeus e interessados nessa cultura no Brasil. A feira pretende reunir produtos e serviços destinados a esse setor, sendo o foco principal divulgar e ensinar os hábitos e costumes judaicos no país.

Hoje com mais ode 188 milhões de habitantes, o Brasil é mundialmente conhecido pela miscigenação de povos e culturas. Os judeus estão entre os povos que mais se sobressaem – e que representam nichos de mercado em crescente expansão. Focando nessa tendência, empresas de todo o país buscam identificar e atender às necessidades desse público. E como todo setor tem uma feira que o representa, surge a Expo Israel, organizada pelo Grupo MR1. O interesse vai de comidas especialmente preparadas a cosméticos, música, produtos religiosos, vestuário, passando por agências de turismo, escolas de idiomas e veículos de comunicação, como os jornais em línguas estrangeiras. O boom do chamado mercado de culturas teve início com a globalização, no fim dos anos 1980 e ganhou força a partir dos anos 2000, sobretudo devido ao avanço da internet, que facilitou a divulgação e a aproximação entre empresas e consumidores de qualquer parte do mundo.

Para Marcelo Rebello, jornalista e publicitário Presidente do Grupo MR1, é mais um grande desafio e acima de tudo mais uma ordem do Eterno a ser seguida. Ele diz que estar à frente da Expo Israel é um privilégio que exige muita responsabilidade, atenção e cuidados do ponto de vista espiritual e empresarial. Segundo Rebello, a intenção é apresentar aos visitantes da feira a cultura judaica, por meio de congressos, palestras, workshops, danças, música, culinária e oficinas temáticas, fomentar negócios entre empresas israelenses e brasileiras e fomentar o turismo.

São dele as palavras: "É um momento de confraternização de toda a sociedade com a comunidade judaica, que contribui de maneira efetiva para o desenvolvimento do Estado de São Paulo e do Brasil como um todo. A feira tem o objetivo de difundir a cultura judaica para os visitantes mostrando de forma intensa e respeitosa as peculiaridades deste país que apesar de jovem traz consigo uma tradição de mais de 3.000 anos de história! Israel é um grande polo de tecnologia agrícola, engenharia de software e desenvolvimento industrial, além de ser um dos destinos preferidos dos turistas cristãos. A Expo Israel vai possibilitar o contato direto de empresas brasileiras e israelenses, fomentando parcerias e boas oportunidades de negócios. Estivemos reunidos recentemente com representantes do Governo de Israel e de entidades ligadas à cultura judaica ortodoxa e também da aliança judaico-cristã. São muitas informações, detalhes a serem notados e observados. Os clientes são mais sensíveis e necessitam de maior atenção. Por isso, todo cuidado é pouco. Teremos um conselho da cultura judaica participando das decisões da Expo Israel. Nos sentimos felizes e abençoados por servir a mais este propósito do Eterno. Estamos trabalhando muito já na preparação de mais essa feira, são muitas atividades culturais e uma grande área de exposições sendo preparadas para receber os visitantes nos 4 dias de evento.”, conclui.

A Expo Israel nasce dentro do Salão Internacional Gospel e acontece em 2016 também de 7 a 10 de setembro, no Expo Center Norte, na cidade de São Paulo, Brasil.

Os espaços, tanto do 5º Salão Internacional Gospel como da Expo Israel já começaram a ser negociados, interessados devem entrar em contato com o Grupo MR1, promotor das duas feiras.


Luciana Mazza
Diretora de Comunicação do Grupo MR1
013 97413-5841