Assista a entrevista de Caio Fábio no Luciana By Night

Caio e Luciana no programa "Luciana by Night" Figura polêmica entre os evangélicos brasileiros, Caio Fábio ainda é lembrado pelo m...

Caio e Luciana no programa "Luciana by Night"
Figura polêmica entre os evangélicos brasileiros, Caio Fábio ainda é lembrado pelo meio secular por conta da sua importância política do passado e também por suas falas polêmicas.
Nesta terça-feira (5) o líder do ministério Caminho da Graça foi convidado para participar do programa “Luciana By Night” na Rede TV! onde foi entrevistado a respeito de diversos assuntos.
Luciana Gimenez questionou Caio Fabio a respeito da traição, querendo saber se só de pensar em trair é pecado. O religioso, afastado da Igreja Presbiteriana após cometer adultério, não teve dúvidas de responder que sim, é pecado trair em pensamento.

“Se eu tenho uma relação contigo, sou casado contigo, e começo a desejar tua melhor amiga, ou uma amiga nossa em comum, com avidez, tem alguma coisa errada no meu coração”, disse ele.
Ainda sobre relações morais, Caio Fabio falou sobre casar ou não casar virgem, dizendo aos telespectadores que este assunto deve ser decidido por cada pessoa. “Eu acho que as pessoas têm que decidir escolher o que elas querem. Não tem que ter tirania em nenhuma direção. Tem que haver bom senso”.

O religioso conta que foi abusado sexualmente quando era criança e condenou a exposição de crianças ao sexo precoce. “Não é normal, é estranho, poderia ter gerado um produto muito esquisito. Graças a Deus não produziu um tarado, um maluco, um fixado nisso”, disse.

Mesmo criticando igrejas neopentecostais e os pedidos de dinheiro, Caio Fabio afirmou que a igreja precisa sim de recursos financeiros e comentou sobre os trabalhos realizados pelo ministério Caminho da Graça no Nordeste e também na Nigéria.

Mas ele explica a diferença: “Admitir essa necessidade [de dinheiro para igrejas] é uma coisa. Viver para criar estratagemas para provocar as pessoas nesse sentido [dar dinheiro para igrejas] (…) é exploração”, afirmou.

O reverendo relatou que na Nigéria igrejas neopentecostais assustam famílias dizendo que seus filhos estão com espírito de bruxo só para extorquir dinheiro. “A gente já encontrou criança acorrentada, criança vivendo sob tirania de pedófilos, de pastor maluco”, relata ele que tem um orfanato naquele país.

Via GospelMais