Sob ameaça de boicote, audiência de ‘Babilônia’ volta a cair

Via Estadão Com texto primoroso, atuações irrepreensíveis e bela edição, Babilônia teria todos os elementos para cativar de vez o público e ...

Via Estadão
Com texto primoroso, atuações irrepreensíveis e bela edição, Babilônia teria todos os elementos para cativar de vez o público e se aproximar dos áureos tempos em que as novelas rendiam bons índices à Globo. Mas o que tem acontecido é exatamente o oposto e a audiência segue rolando ladeira abaixo. De acordo com os dados consolidados do Ibope, o capítulo dessa quinta-feira (19) rendeu 29 pontos à emissora na Grande São Paulo – cada ponto equivale a 67 mil domicílios. Em sua estreia, na segunda-feira (16), registrou 33 pontos.

Camila Pitanga 
Curiosamente, no mesmo dia, as redes sociais foram tomadas por mensagens de grupos evangélicos organizando um boicote à novela por exibir cenas de beijos entre as personagens Teresa e Estela, interpretadas por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg. Na trama, elas formam um casal e são mães de Rafael (Chay Suede).

“Não tenho nenhuma dúvida que a Rede Globo é: a maior patrocinadora da imoralidade e do homossexualismo no Brasil. Uma vergonha!”, escreveu o pastor Silas Malafaia em nota publicada no site Verdade Gospel. “O nome da novela – Babilônia – representa muito bem o que tem sido a Rede Globo, um instrumento de podridão moral. E espero, que como a antiga Babilônia, que eles se autodestruam.”

A notícia teve mais de 40 mil compartilhamentos, alguns acompanhados em tom de indignação pelo fato de a novela colocar duas atrizes veteranas nos papéis de homossexuais. “A Globo nos quer fazer engolir esta ditadura gay”, escreveu um internauta – que terá sua identidade preservada.
Não dá para afirmar que a queda da audiência de Babilônia esteja diretamente ligada ao movimento de boicote, que tomou força na tarde de quinta-feira. Procurada pelo blog, a assessoria da Globo não foi encontrada para comentar o caso.

As outras emissoras pouco se beneficiaram com a debandada da audiência cativa das novelas. No horário de Babilônia, a Record viu seu índice subir um ponto entre quarta-feira e ontem, registrando 8 pontos no horário na quinta-feira.

Vale lembrar que, ultimamente, os capítulos iniciais das novelas não têm rendido bons números à Globo. Mas a tendência, sobretudo na primeira semana, é de uma oscilação sutil. Exatamente o oposto do que tem ocorrido com Babilônia.