Igrejas Cristãs estão sendo fechadas pelo governo no Irã

Precisamos ORAR! Pelas Igrejas do Irã. Veja as perseguições que este povo está passando.

Foto/Reprodução - Edições Israel Almeida

O Irã esta na 9ª posição na lista dos 50 países que perseguem cristãos, com grau de perseguição extrema. Com esta atual situação que se apresenta constatamos que a perseguição continua e o radicalismo islâmico esta querendo erradicar o cristianismo no país.

De acordo com Michael Wood da Portas Abertas EUA, no Irã esta em andamento o fechamento de igrejas cristãs em todo o país. “É basicamente ilegal até mesmo ir a uma igreja” e acrescenta “Aqueles que tem ido a igreja, o governo tem registrado os seus nomes, endereços e são perseguidos”.

Os crentes começaram a se reunir em casas em vez de na igreja, mas mesmo assim não estão seguros, “Qualquer coisa que atrai grandes multidões para uma casa chama a atenção e é  investigado”, diz Wood. “Eu fiquei sabendo de um líder de igreja que esta incentivando os fiéis, de que quando estiverem em um café ou qualquer outro local, esteja compartilhando o que Deus esta fazendo em suas vidas, e assim testemunhando para uma pessoa após outra, assim fazendo se torna uma igreja.” Wood diz que a situação tornou-se cada vez mais difícil para os crentes desde a última eleição presidencial. Mais pessoas estão vindo a Cristo, diz ele, e isso resulta em resistência e perseguição por parte do governo islâmico iraniano.

O governo pensou que ao proibir as igrejas de falar a língua oficial do país os membros começariam a parar de ir nas igrejas, mas o efeito foi ao contrário, mais pessoas estão vindo para participar dos cultos de adoração”, mas disse Wood que quando os funcionários do governo percebeu esta reação, ordenou que fosse fechada todas as igrejas do país. O governo xiita do Irã acredita que o cristianismo é uma ameaça, e qualquer muçulmano que se tornar seguidor de Jesus enfrenta a pena de morte. No entanto, “apesar da perseguição que está acontecendo é uma igreja em crescimento”, diz Wood.

Com informações O Diário / Israel Almeida
ligadonogospel@live.com