Atriz de Jogos Mortais V deixou papéis em Hollywood em função de sua fé cristã

Meagan abadona papéis em Hollywood em função de sua fé cristã

Conhecida pela participação no filme Jogos Mortais V, a artista Meagan Good revelou recentemente que foi obrigada a deixar alguns papéis de lado em função de sua fé cristã, o que a conduz acreditar que fez a escolha certa.

A atriz de 32 anos esclarece que não é uma tarefa fácil deixar trabalhos passarem. No entanto, ela encara sua vida espiritual como sua principal prioridade, sobretudo em situações que envolvem o pudor, de acordo com o jornal Los Angeles Times.


"Eu levo em consideração os parâmetros do que eu sinto que é apropriado para meu espírito. Houve momentos em que tem sido difícil, por ser algo que eu realmente queria, mas a nudez seria exploradora. Eu perco a oportunidade, mas o que recebo em troca é que quanto mais eu ficar com as minhas convicções, mais Deus cumpre com suas promessas", diz ela.

Segundo Meagan, tudo que ela deixa de lado em função de sua fé, Deus tem retribuído em dobro, fazendo crer que todo sacrifício conduz a um caminho de purificação e de harmonia, desde quando era mais nova.

"Quando eu estava para perder algo, surgia outra situação melhor, acima daquilo que eu havia deixado de lado. E olha que eu tenho sido capaz de pagar minhas próprias contas desde quando eu tinha apenas 13 anos", conta a artista de Hollywood.

Casada com o executivo de Hollywood e pregador DeVon Franklin, Meagan ganhou repercussão na mídia por ter escrito um livro com o marido onde falam sobre a importância da abstinência sexual para preservar uma relação.

Para ela, o trabalho em um mundo tão conturbado quanto das celebridades não atrapalha sua vida cristã, muito menos a vida de casal. "Nós acreditamos que ambos [o cristianismo e o show business] podem se unir e para serem usados como promoção de um em prol do outro, usando o nosso trabalho para promover o reino dos céus", avalia ela.