Artigo: Leis do Perdão

Como perdoar?

Atitudes saudáveis nos fazem mais felizes e prósperos. É impossível conceber alguém pessimista, murmurador, mal agradecido e ao mesmo tempo feliz. Agora, dentre as atitudes que nos levam a viver bem está o perdão. Você já viu alguma pessoa rancorosa que ao mesmo tempo fosse feliz? Eu ainda não. Gente que não perdoa geralmente é problemática, complexada e briguenta.

Portanto, se quisermos desfrutar de uma vida plena em Deus necessitamos aprender ter o perdão como um estilo de vida. Só depois de falar muito sobre perdão em Mt 18 é que Jesus fala sobre divórcio em Mt 19, para mostrar que se entendemos bem MT 18, dificilmente precisamos chegar a MT 19.


1-Falta de perdão é escravidão

Jesus diz que aqueles que não perdoam serão colocados na prisão e terão como tutores um belo de um carrasco.

Tem muito crente com medo de demônio entrar na sua casa através de uma roupa consagrada, da TV, entretanto, nada abre mais a porta para o diabo do que a falta de perdão (II Co 2:11).

A mágoa, que motiva a vingança, é como ser um homem bomba, você pode até matar o outro, mas ao preço de morrer junto. O que os outros fazem a você pode ser horrível, mas o que pode fazer a si é pior ainda.

Perdoar é difícil, entretanto só existe uma coisa mais difícil do que perdoar; não perdoar.

O espírito vingativo, infelizmente, é celebrado até entre alguns crentes. Ao serem ofendidos é comum afirmarem: “Ai daquele que tocar no ungido de Deus, você verá a mão de Deus sobre você”. Para eles a desgraça alheia é a prova de que eles são homens de Deus. Mas sabe o que prova mesmo que somos homens de Deus? O perdão, a nobreza de olhar e dizer: “Pai, perdoa, eles não sabem o que fazem”.

2-Quem não perdoa vai para o inferno

Aquele que não perdoa Jesus diz que será lançado na prisão e só será solto quando pagar. Ora, solto o rapaz não tinha condições de pagar, quanto mais preso. A ideia aqui é esta, quem não perdoa só terá liberdade caso seja impecável, como isto é impossível aqueles que não perdoam estão destinados a permanecerem presos no inferno para sempre.

Talvez você esteja achando durão o discurso de condenação eterna para aqueles que morrerem sem liberar perdão, mas vejamos o seguinte: somos salvos por que Jesus nos perdoou dos nossos pecados, ora se eu não tenho perdão então eu também não tenho salvação.

Mas aí, alguém pode perguntar: salvação não é pela graça independente dos nossos feitos? Claro, não somos salvos por que perdoamos os outros, mas por que somos salvos perdoamos as pessoas. Ou seja, se você não consegue perdoar deve avaliar a si mesmo para ver se você é realmente crente.

3-Quem não perdoa é por que não se viu como pecador

Na parábola de Jesus o rapaz que foi perdoado de uma dívida de 10 mil talentos, não quis perdoar outro que devia 100 denários. Em cifras atuais seria o seguinte: Eu sou perdoado de uma dívida de 1 bilhão e 35 milhões de reais, mas não quero perdoar meu irmão que me deve 2.200 reais.

Quem sabe o quanto deve para Deus, não terá dificuldade em perdoar as dividas alheias. Quem sabe o quanto é pecador diante de Deus, tolerará os pecados que os outros cometem contra si.

Se você tem dificuldade para perdoar é também por que você tem dificuldade para se enxergar.

Leis da reconciliação

1-Converse em particular

v.15 diz “Se teu irmão pecar contra ti, vai argui-lo entre ti e ele só”, mas a gente faz o inverso, se meu irmão pecar contra mim eu vou e falo para todo mundo, menos para ele.

O tempo não cura nada, mas o contato direto, a confissão de pecado e a liberação de perdão é o que mantém nossos relacionamentos unidos.

2-Ganhe o irmão ao invés de ganhar do irmão

E o texto continua: “Se ele te ouvir ganhaste teu irmão”. O objetivo é ganhar o irmão e não derrotá-lo. Alguns não gostam de falar, outros falam de qualquer jeito. Já ouviu aquela frase preferida dos barraqueiros: “O que eu tenho que falar eu falo na cara mesmo”?

Pv 15:1 “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira”. Portanto, se precisar falar algo com seu irmão, lembre-se disso e vá desarmado da raiva e munido da paciência e misericórdia.

3-Nem todo relacionamento pode ser restaurado

a-Mt 18:15-17 diz que se o irmão te ouvir ganhaste teu irmão, mas se ele não te ouvir considera ele como gentio e publicano.

Eu posso controlar a minha vida, mas não determino as escolhas que os outros farão. Se eu perdôo, mas a pessoa não aceita meu perdão, não posso me culpar por isto, antes devo seguir em frente e saber que nem todo relacionamento pode ser restaurado.

A bíblia diz que se o outro me der uma tapa na cara eu tenho que perdoar. É pecado não perdoar tapa na cara, mas é burrice permanecer perto da mão daqueles que nos bofeteiam.

O perdão não é uma carta branca para o outro fazer o que ele bem entende e sim uma segunda chance. Só que a segunda chance não é igual a primeira. Após pecar e perder sua força ao ver seu cabelo cortado, Sansão teve outra chance após seu cabelo crescer novamente. Entretanto, sua segunda chance não foi igual a primeira, visto que a força voltou junto com a morte.

Imagine que eu deixe a chave do meu carro em cima da mesa e que meu filho, menor de idade, pegue a chave, e sem a minha autorização sai com o carro. Eu tenho que perdoá-lo? Sim, mas como minha confiança foi quebrada a chave não ficará mais a vista. Só deixarei a chave ali, depois que ele reconquistar a minha confiança, e isto pode levar tempo.

4-Algumas crises precisam de ajuda

v.16 “Se, porém, não te ouvir, toma ainda contigo uma ou duas pessoas”. Alguns problemas só podem ser resolvidos com a ajuda de alguém de fora, algumas crises só se resolvem em grupo.