Seguidores de José Luis de de Jesus Miranda negam a morte de seu líder, ex-esposa confirma morte

morte José Luis de Jesus Miranda
A ex-esposa de José Luis de Jesus Miranda, conhecido por seus seguidores como "jesus cristo homem", publicou ontem um vídeo em uma rede social para confirmar a morte do líder da seita ''crescendo em graça''. 

Josefina Torres, que foi casada com o José por sete anos, disse que a notícia da suposta morte do porto-riquenho, não foi divulgada ainda, pois os líderes da seita estudam uma maneira de continuar com o suposto "negócio" religioso e conseguir dinheiro de seus seguidores.

Torres afirmou que De Jesus Miranda morreu na semana passada em um hospital no Texas devido a complicações no quadro de cirrose hepática. 



Já os seguidores de Miranda, negaram a informação. Em uma estação de rádio da seita, o locutor de rádio, Gonzalo Gomez, negou que Miranda morreu. Ele disse que seu líder não vai morrer, nem sofre de doença alguma.

"Isso é totalmente falso, ele nunca morrerá, ele vai aparecer em um corpo glorificado, seus anos não acabarão. Ele vai retornar com o corpo 'radioativo' e em breve você vai ver ", disse ele na quarta-feira.
Josefina por sua vez acrescentou que se separou de Miranda, porque não é a favor de mentiras."Não vou ser a favor de uma mentira ... Eu não posso deixar que as pessoas sejam enganadas,'' disse. 

José Luis Jesus Miranda, tinha 67 anos, nasceu em Ponce, e alegava ser parte da segunda vinda de Jesus. Ele vivia uma vida de luxo devido a fortunas arrecadadas de seus fiéis. 

Os seguidores do grupo são conhecidos para tatuar o número 666. 
Suas profecias falharam. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ()