Ministério Público quer retirar totem religioso da entrada de Sorocaba

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) quer retirar o totem com a frase “Sorocaba é do Senhor Jesus” que fica na entrada da cidade de...


O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) quer retirar o totem com a frase “Sorocaba é do Senhor Jesus” que fica na entrada da cidade de Sorocaba, interior do estado, por acreditar que a placa fere a laicidade do Estado.
Desde que foi instalado, isso em 2006, o totem tem levantado polêmica e dividido opiniões entre os moradores e visitantes da cidade.

Nos últimos dias a placa foi pichada por duas vezes, em 27 de julho vândalos escreveram “Estado Laico” e “#SQN” (sigla para a expressão ‘só que não’). Um grupo de evangélicos se encarregou de limpar o monumento, mas nesta segunda-feira (12) a placa amanheceu com riscos que transformaram todos os S da frase em cifrões e ainda escreveram “exu tb”.
O totem está localizado na alça de acesso da rodovia Senador José Ermírio de Moraes e contou com o apoio do prefeito Vitor Lippi que cumpriu dois mandatos na cidade. Para o político a placa serve para homenagear as manifestações cristãs, já que a religião tem grande influência na história do Brasil. Em 2012, quando o MP-SP solicitou a retirada do totem, o prefeito se pronunciou dizendo que a Prefeitura não tem religião, mas a população da cidade sim.

A placa já resultou em um processo movido por dois estudantes que questionavam os direitos dos sorocabanos que não são cristãos como budistas, umbandistas, muçulmanos, ateus e agnósticos. A ação corre na Justiça desde 2009 e a Promotoria já chegou a dar um prazo para que a prefeitura retire o totem da praça.