Marco Feliciano pede retirada do vídeo do Porta dos Fundos

Marco Feliciano pede retirada do vídeo do Porta dos Fundos

vídeo do Porta dos Fundos
O canal Porta dos Fundos lançou o vídeo Oh, Meu Deus no YouTube na segunda-feira (19) às 11 horas. A gravação mostra a atriz e cantora Clarice Falcão interpretando uma mulher que vai ao ginecologista e lá descobre que tem uma imagem de Jesus Cristo nas partes íntimas. Após essa ‘descoberta’, começa uma romaria e muita oração no consultório médico.Logo em seguida à publicação, o deputado federal e pastor Marco Feliciano pediu no microblog Twitter que o vídeo fosse retirado do ar. “Assim caminha a humanidade... Vídeo podre! Ajudem a denunciar para retirá-lo do ar”, postou o parlamentar.

Segundo o site da revista Época, Feliciano condenou o ato a partir do artigo 208 do Código Penal, sobre “escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso”. Ainda de acordo com a publicação, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) teria feito a seguinte provocação: “Mexam com os muçulmanos”.

O canal Porta dos Fundos estreia novos filmes todas as segundas e quintas-feiras. O espaço online tem mais de 5 milhões de inscritos, além de mais de 400 milhões de visualizações. O vídeo Oh, Meu Deus ultrapassou 1,3 milhão de acessos em menos de 24 horas, segundo dados coletados na manhã desta terça-feira (20). Entre as estrelas dos trabalhos apresentados estão Fábio Porchat, Antonio Tabet e Rafael Infante.

A atriz Clarice comentou também no Twitter a reação do pastor: “Acho horrível ficar se gabando das coisas na internet, mas o Feliciano não gostou do nosso vídeo”, disse ela fazendo graça do caso.  

As opiniões sobre o viral são controversas: “Achei bem ‘apelativo’... posso ser apenas uma, mas vocês perderem meu respeito e minha consideração. Uma ex-fã”, revelou Gisele Cristina no Facebook do canal.
Já Gustavo Custodio ironizou: “kkk, de Deus não se zomba, se faz dinheiro. Tem muitas igrejas no Brasil que só serve para arrancar dinheiro de pobres e trouxas desse país!! E depois vem fieis ou escravos criticar um vídeo de humor!”.

O vídeo é de péssimo gosto. Uma falta de respeito com o cristianismo; Opinião do Ligado no Gospel.
Para ver o vídeo, clique aqui.