Silas Malafaia é a favor das manifestações que ocorrem no Brasil

Pastor é a favor, desde que as manifestações sejam pacíficas Esta semana foi marcada pelos protestos que aconteceram de Norte a Sul do ...

Pastor é a favor, desde que as manifestações sejam pacíficas

Esta semana foi marcada pelos protestos que aconteceram de Norte a Sul do Brasil mobilizando milhares de pessoas com as mais diferentes reivindicações.
O que começou como uma manifestação pacífica pela diminuição do transporte público acabou provando, em diversas cidades, confrontos entre policiais e manifestantes que destruíram patrimônios públicos e privados, saquearam lojas e bancos.
Ao comentar a onda de manifestações, o pastor Silas Malafaia, que no dia 5 de junho reuniu 70 mil pessoas em Brasília, se mostrou favorável aos protestos, mas condenou os interesses políticos e os atos de vandalismo.
O maior perigo encontrado pelo pastor nessas manifestações é a influência de partidos de esquerda. 

“No Brasil o perigo são os esquerdopatas ultrarradicais que pregam baderna, vandalismo, derramamento de sangue, para que possa haver uma verdadeira revolução. Métodos comunistas e de reacionários estão falidos, mas que eles querem ressuscitar”, escreveu.

Malafaia lembra que nos países democráticos atos de vandalismo e baderna não são permitidos. “Estado Democrático de Direito não é sinônimo de bagunça ou da liberdade para o cidadão fazer o que bem quiser”, lembra.
Outro perigo que o líder religioso cita é o surgimento de manifestações para atingir o que ele chama de “objetivos inescrupulosos”. “Manifestação pacífica por um tempo determinado, sim! Baderna e vandalismo, mil vezes não!”, disse ele pedindo para que os cristãos estejam orando pelo país.

Fonte: Gospel Prime.