Revistas ISTOÉ e Época atacam o Pr Marco Feliciano de uma forma insultante

D epois de um breve intervalo longe dos holofotes da mídia, o pastor Marco Feliciano voltou a gerar pauta para muitos meios de comunicação...

Depois de um breve intervalo longe dos holofotes da mídia, o pastor Marco Feliciano voltou a gerar pauta para muitos meios de comunicação. O deputado federal que preside a Comissão dos Direitos Humanos e Minorias foi alvo é alvo de criticas das revistas mais populares do país.

A Época já inicia a sua matéria atacando o parlamentar. Veja alguns trechos:

Na semana passada, Feliciano aproveitou a distração do público, cujas atenções estão voltadas para as manifestações de rua em todo Brasil, para passar pela comissão um projeto inteiramente descabido: ele legaliza um projeto conhecido como 'cura gay' afirma, como se todo poder de decisão coubesse ao parlamentar.
Para Época, Marco Feliciano deveria renunciar, como solução viável, ao cargo para evitar maiores desgastes ao Congresso.

Ele, com o oportunismo daqueles que buscam gozar seus 15 minutos de fama, não quis um acordo. Cabe agora aos líderes da Câmara tomar outras providências para impedi-lo de continuar a prejudicar a instituição" finaliza.

  •  A Revista ISTOÉ não mede as palavras e chama Marco Feliciano de ''estúpido''

Nas páginas dedicada aos principais assuntos da semana está a pauta "Um atentado contra a ciência"
Confira a pauta publicada originalmente na revista ISTOÉ, edição 2275, de 26 jun/2013:















de Israel Almeida para o Ligado no Gospel
ligadonogospel@live.com