Engano do pecado

Hb 3:12-13 Pinóquio estava indo para a escola, quando é abordado por uma pessoa que lhe oferece uma passagem grátis para a Ilha da av...

Hb 3:12-13

Pinóquio estava indo para a escola, quando é abordado por uma pessoa que lhe oferece uma passagem grátis para a Ilha da aventura, uma espécie de parque temático com toda sorte de brinquedos e diversão. Pinóquio, em vez de ir para a escola aceita o convite, mas nenhum dos dois sabia que no fim do dia todos os garotos seriam transformados em burros de carga e vendidos para puxar carroça nas minas de carvão pelo resto da vida. Está aí uma ilustração do pecado: enganoso. Mas, de maneira prática, como o pecado nos engana?
Com ele nos engana?

1- Mostra o bom e esconde o ruim

Diz a bíblia que a árvore do conhecimento era “Boa, agradável e desejável”. O diabo mostrou a beleza da árvore, porem ocultou a morte.

Mas veja, todo pecado, a princípio é prazeroso. Claro, do contrário quem seria atraído até ele? A preguiça é uma delícia. Imagine num dia de inverno rigoroso, existe algo melhor que ficar mais tempo dormindo? Descarregar a ira nas pessoas é muito mais gostoso do que engolir sapo. Ah, o adultério, as drogas tudo isto é extremamente prazeroso… Mas só no começo. O pecado te oferece um minuto de prazer, porém seguido de toda uma vida de tormento. Pv 7:18 e 22 diz o adultério é prazeroso no começo, mas o fim do adultério é morte. Assim acontece com todos os pecados.

Hb11:24-26 diz que Moisés abandou a vida regalada de príncipe para sofrer junto com o povo de Israel motivado pela glória futura. Escolher andar em santidade é escolher sofrer por um momento. Escolher não fumar, não beber é escolher por sofrer angústia, abstinência, suador, porém se “ao anoitecer pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (Sl 30:5). Agora, se este verso vale para descrever o sofrimento momentâneo que o crente sofre para logo em seguida desfrutar uma alegria eterna, o inverso também vale para o ímpio e você pode ler assim para ele: “ao anoitecer pode vir a alegria do sexo, das baladas, das orgias, mas pela manhã vai vir a tristeza da culpa, do sofrimento e do inferno”.

2-Tira o medo de coisas pequenas
“É só uma fruta, o que pode ter de mau nisto?”, sugestionou o diabo.

“Pecado é tudo igual!”, dizem alguns. No sentido de que todos levam ao inferno sim, pecado é tudo igual. Mas há diferença sim entre pecado e pecado. Tanto que I Jo5 diz haver pecado para morte e outros que não são para morte. Em Israel, havia punições diferentes para cada tipo de pecado.

E é nesta hora que o pecado tenta nos enganar: “É só um pecadinho”, mas lembre-se todas estas desgraças vividas hoje começaram por Eva ter comido uma fruta. Sl 42 diz “Um abismo leva a outro abismo”. J. Owem declarou: “Conceda ao pecado um centímetro e ele tentará conquistar um quilômetro”.

Algumas pessoas dizem que sou muito radical contra o pecado. Ora, sou radical contra ele porque ele é radical comigo. O pecado não tira férias, não dá descanso, não abaixa a guarda. Portanto, se você quiser vencê-lo isto vai te custar tudo, uma dedicação completa.

3- Que não haverá conseqüência

“É certo que não morrereis”, foi a frase que Eva ouviu do diabo. E o capeta não é criativo, pois continua usando os mesmos artifícios, e pior utilizando-se de argumentos supostamente bíblicos para levar as pessoas a temer ao Senhor: “Deus é bom, não vai ter conseqüência”. “Estamos na graça!”. “Agora, sou crente, estou imune as conseqüências do pecado”.

Meus argumentos são justamente os mesmos para mostrar que pecado tem conseqüência: Deus é bom e justamente por isto ele tem que punir o mal. Na lei Deus punia o pecado, mas na graça, no Novo Testamento, apenas por conta de uma mentirinha, Ananias e Safira foram fulminados. E se você está sem disciplina é porque você não é crente, não é filho de Deus e sim bastardo (Hb 12:8).

Como vencer o pecado?

1-Hoje é o dia de vencer o pecado

Hb3:13“exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje”. Não diga: “Amanhã eu paro de fumar, amanhã eu paro de fazer isto”. O problema é que o amanhã nunca chega. O dia de vencer o pecado é hoje, é agora, pois pode não haver amanhã.       

2-A comunhão

Hb3:13“exortai-vos mutuamente cada dia”. Com Jesus não existe Zorros, cavaleiros solitários da fé, gente que pensa poder andar em santidade sozinho. Precisamos de pastores, de líderes, de irmãos, da igreja para nos proteger, pois Ec diz que andar sozinho é ruim, porque se você cair não tem ninguém para te levantar.

3-Pela verdade da Palavra

Como venço engano do pecado? Pela verdade da Palavra. De maneira prática como isto funciona? A palavra me liberta, primeiro, pois quanto mais a leio mais cheio de temor eu fico e o temor me afasta do mal. Segundo, ela é alimento espiritual. Não se pode vencer nenhuma luta sem estar forte. Quanto mais você come da palavra, mais robusto espiritualmente você se torna. E por último a palavra me liberta por que ela me mostra o caminho de vencer a tentação.

4-Fé

Hb3:12“jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo”

Não é um banho gelado que dará vitória contra a tentação sexual. Não é contar até 10 que te levará a controlar a ira, mas sim possuir fé no poder de Deus que te sustenta a cada dia.

E fé não é ficar parado esperando Deus te libertar do vicio, do medo, fé é se levantar e crer que o poder de Deus já está liberado para você. Jesus abriu a cela para nos tirar de nossas prisões, agora, cabe a mim me levantar em fé e passar por ela.

Pr. Rodrigo David.