Papa Francisco afirma que não se pode amar e crer em Jesus fora da igreja católica

O papa Francisco disse que é ‘um absurdo querer viver com Jesus, sem a Igreja, amar a Jesus sem a Igreja e que não se pode crer em Jesu...


O papa Francisco disse que é ‘um absurdo querer viver com Jesus, sem a Igreja, amar a Jesus sem a Igreja e que não se pode crer em Jesus sem a Igreja’, e advertiu que não se deve seguir o caminho do mundanismo.

O pontífice fez estas declarações durante a missa que foi celebrada na Capela Paulina, do Vaticano, por ocasião da festa de São Jorge, que é seu onomástico (seu primeiro nome é Jorge Mario), assistido pelos cardeais da Cúria Romana.

O bispo de Roma disse que a identidade cristã ‘não é um documento de identidade’, mas que a identidade é ‘pertencer a Igreja’.

“Encontrar Jesus fora da igreja não é possível. O grande papa Paulo VI dizia que é uma dicotomia absurda viver sem Jesus, sem a Igreja, seguir a Jesus fora da igreja, amar a Jesus sem a igreja“, disse ele.

Francisco acrescentou que a Igreja é ‘quem nos dá Jesus, nos dando por sua parte a identidade, que não é somente um rotulo, mas uma adesão’.

O papa argentino acrescentou que a igreja caminha em meio as perseguições do mundo e o conforto do Senhor e advertiu que  se “querermos seguir o caminho do mundanismo, jamais teremos o conforto do Senhor”.

“A Igreja sempre anda entre a Cruz e a Ressurreição, em meio às perseguições e o consolo do Senhor. Este é o caminho e quem caminha por ele nunca estará errado”, assegurou o religioso.

Com informações do site Padom 
ligadonogospel@live.com