Apple possui mais de mais de 119 bilhões de reais e ultrapassa saldo do governo do EUA

Na última quarta-feira, a tesouraria do governo dos EUA anunciou que o país tinha um saldo operacional de 73,8 bilhões de dólares (cer...


Na última quarta-feira, a tesouraria do governo dos EUA anunciou que o país tinha um saldo operacional de 73,8 bilhões de dólares (cerca de 115,88 bilhões de reais). Você deve estar pensando: isso é muito dinheiro, e de fato é, mas ainda é menos do que Steve Jobs, dono da Apple, tem.

Talvez o governo dos EUA deva começar a vender iPads. A empresa tinha uma gritante quantia de 76,2 bilhões de dólares (mais de 119 bilhões de reais) em caixa e títulos negociáveis no final de junho, de acordo com seu último relatório de lucros.

Ao contrário do governo dos EUA, que está lutando para evitar o calote em sua dívida, a Apple ganha mais dinheiro do que gasta.
Essa façanha simbólica – a empresa de tecnologia mais valorizada do mundo superando a força fiscal da nação mais poderosa do mundo – é mais um ponto alto para a Apple, que vem numa crescida sem precedentes.
Seus Macs, iPhones e iPads permanecem no alto da cadeia de compras, suas ações são mega valorizadas, e a companhia acaba de se tornar a maior fornecedora em volume de smartphones do mundo.
Tem havido muita especulação sobre o que a Apple pode comprar com suas pilhas de dinheiro – os grandes Facebook e Sony no meio dessa aposta -, mas a empresa parece não ter nenhuma pressa em quebrar o porquinho.

A companhia comunicou que não quer tomar decisões erradas no calor do momento, e que gostaria de manter esse dinheiro porque acredita que há uma ou mais oportunidades estratégicas no futuro. Oferecer um empréstimo ao Tio Sam deve estar nessa lista.

Com informações do Fala Mundo