Pastor Ciro Zibordi critica cantores da Som Livre e compara CD de André Valadão a simbolo gay

O pastor e escritor Ciro Zibordi , da Assembleia de Deus, criticou abertamente em seu blog a postura de alguns cristãos evangélicos que ...


O pastor e escritor Ciro Zibordi, da Assembleia de Deus, criticou abertamente em seu blog a postura de alguns cristãos evangélicos que tem se associado a Rede Globo. O pastor autor de livros conhecidos, como “Erros que os Pregadores Devem Evitar” e “Erros que os Adoradores Devem Evitar”,comparou a capa do novo CD de André Valadão com a bandeira do movimento LGBTs.

O novo CD do cantor André Valadão, com o título “Aliança”, tem na capa cores do arco-íris, as mesmas cores usadas na bandeira da diversidade, do movimento gay. “Será que o tal cantor ‘glospel’ não conhece essa simbologia da aludida bandeira? Acho difícil ele não saber disso, haja vista a grande difusão do arco-íris de seis cores, especialmente durante a Parada Gay, em São Paulo, em que uma grande bandeira colorida (compare-a com a capa do CD) é estendida. O uso desse tipo de arco-íris em manifestações LGBT começou nos anos de 1980″, escreveu o pastor.

Ciro também criticou a participação da banda Diante do Trono no programa Caldeirão do Huck e sugeriu que a cantora Ana Paula Valadão concordou com o “sincretismo religioso” ao corroborar com a frase de que “o Caldeirão é palco de todas as religiões e credos”. Além de chamar a atenção para a “diversidade” sugerida no reality show Big Brother Brasil 12, que contará com a participação de duas evangélicas.
“Tal segmento gospel aceita as diferenças religiosas, vê com bons olhos o ecumenismo e não se opõe com clareza aos pecados previstos na Bíblia, como a sodomia, a homossexualidade, a prostituição, etc”, comenta o pastor em seu texto.


Ele também criticou outra participação, dizendo que “certa ‘pastora’, há alguns dias, em outro programa da Rede Globo, cantou uma canção ‘glospel’ improvisada em que celebrava a sua vitória sobre aqueles que a invejavam. O curioso é que, enquanto ela cantava, a apresentadora, seus convidados e a plateia riam e dançavam, numa grande celebração”, referindo-se a pastora Ana Lúcia, que participou recentemente do programa Esquenta, apresentado por Regina Casé.

O pastor Ciro Sanches Zibordi é um teólogo e conferencista muito respeitado e concluiu escrevendo que “o cristão que se preza, ainda que seja tachado de fanático e extremista, não faz alianças com emissoras, religiões, seitas e movimentos que pregam um amor divorciado da verdade”.

Veja o site do Pastor >> Aliança “glospel” está cada vez mais colorida