Já ‘cheirou’ o Google Nose? A 1 de abril, nem na Google podemos acreditar...

1 de abril prometia o Google Nose, em versão beta. Trata-se de um sistema que permitiria juntar o olfato no motor de busca. A apresentação...


1 de abril prometia o Google Nose, em versão beta. Trata-se de um sistema que permitiria juntar o olfato no motor de busca. A apresentação do gigante da Internet foi feita com o profissionalismo do costume e enganou muitos cibernautas.

É certo que os sistemas de pesquisa da Google são extremamente poderosos e melhoram de forma constante, com novas valências que tornam a busca na Internet cada vez mais completa.

Os utilizadores da Internet estão habituados a esta realidade. E quando se junta à mesma uma apresentação profissional, cria-se uma mentira que poderá enganar, naturalmente, qualquer pessoa que visite a primeira página da Google.

Desta vez, o sistema apresentado chamava-se 'Google Nose'. Era verdadeiramente revolucionário e permitiria encontrar olfatos, ou adicionar um dos cinco sentidos humanos à pesquisa. O nariz poderia ser usado na pesquisa, procurando e encontrando os cheiros, com recurso a computadores ou aparelhos móveis.

Gostaria de poder descobrir o cheiro de uma pirâmide do Egito? Ou a que cheira um fantasma? A que cheira um carro novo? O Google sabe. Ou, em inglês, “google knows”, que na oralidade se assemelha muito a Google Nose.

O Google Nose apresenta-se hoje, 1 de abril, na página principal do motor de busca. E a data não é, obviamente, coincidência. No dia das mentiras, a Google enganou os utilizadores do motor de busca com o nariz, prometendo-lhes uma ferramenta que pesquisaria odores. Mas como o gigante da Internet alarga as suas fronteiras, quem sabe se a mentira de 1 de abril de 2013 poderá ser uma realidade.

Veja o link do Google Nose Beta - http://www.google.com.br/intl/pt-BR/landing/nose/