Homem precisa negar fé em Jesus para ser atendido no hospital e morre depois de ter tratamento médico negado.

Belay Gebrezgi Tekabo não pode ser atendido pelo hospital da cidade de Dekemshare na Eritreia só por ser cristão; diagnosticado com leucem...

Belay Gebrezgi Tekabo não pode ser atendido pelo hospital da cidade de Dekemshare na Eritreia só por ser cristão; diagnosticado com leucemia, o homem morreu  por falta de tratamento médico. 
Tekabo (30 anos) estava preso quando a doença foi diagnosticada, a condição para que ele recebesse o tratamento era assinar uma declaração se retratando e negando sua fé em Jesus.
Ele é apenas um dos mais de 45 cristãos que são mantidos em circunstâncias terríveis na Eritreia por conta da fé cristã. Segundo o ministério Portas Abertas, há uma campanha financiada pelo governo local para prender cristãos.
Desde 2002 o governo decretou que os grupos religiosos precisam ser registrados para terem autorização de funcionar no país, mas nenhum dos pedidos de registro foi aceito, o que legitima a prisão dos cristãos.
Estima-se que mais de 2.800 pessoas estejam presas apenas por se tornarem cristãs. Só em março foram 17 pessoas presas, elas estavam reunidas na cidade de Keren e foram todas detidas.
Fonte: Gospel prime