Padre expulsa menina e manda-a procurar igreja evangélica

Uma menina de 11 anos de idade foi expulsa da igreja católica após fazer questionamentos para o padre João Ribeiro. O sacerdote da casa pa...

Uma menina de 11 anos de idade foi expulsa da igreja católica após fazer questionamentos para o padre João Ribeiro. O sacerdote da casa paroquial de São José das Palmeiras, localizada no oeste do Paraná, mandou a garota buscar uma igreja evangélica. Ela era integrante do grupo de coroinhas da única igreja católica do município.


Segundo noticiou o G1, tudo começou quando a menina fez perguntas sobre a presença nos encontros do grupo de coroinhas da igreja.



Rosane Bruno, mãe da ex-coroinha, alega que o padre exagerou e que a menina frequenta e participa das atividades na igreja desde os quatro anos de idade na Infância Missionária. A mãe informou que vai levar o caso para a Justiça, e que o padre vai responder por sua decisão.

“Ela está impedida de ir na igreja, coisa que ela gosta, ela está impedida de frequentar a catequese e o que vai ser dela?” disse a mãe, preocupada que isso possa acontecer com outras crianças.

O questionamento foi sobre o porquê de ir tanto à igreja, até que o líder católico da cidade disse que não a aceitaria mais como coroinha. “Você não precisa vim mais nem na catequese nem participar de movimento nenhum e nem na igreja porque nem Deus te quer assim. Pode ir para uma igreja evangélica”, disse o padre segundo a coordenadora de coroinhas, Sandra Menon.

Rosane também fala que no dia que aconteceu a expulsão, a menina chegou em casa desesperada e chorando. A filha afirmava que Deus não queria mais ela na igreja.

Segundo os meios de notícia locais, o padre responsável pela Paróquia São José não foi localizado. Já o Bispo de Foz de Iguaçu, Dom Dirceu Vegine, que coordena a regional da qual a cidade faz parte, só irá se manifestar após conversar com a família.

Fonte : The Christian Post