Marco Feliciano nega ser racista e homofóbico no Agora é Tarde

Pastor também comentou que Dilma está perdendo apoio dos evangélicos.         O programa Agora é Tarde desta quinta-feira (28) ...

Pastor também comentou que Dilma está perdendo apoio dos evangélicos.

 
 
 
 
O programa Agora é Tarde desta quinta-feira (28) recebeu o pastor Marco Feliciano. Entrevistado pelo humorista Danilo Gentili, o deputado lamentou só ter a oportunidade de “falar sobre coisas sérias em programas de humor”.
 
Durante o programa, Gentili, que já foi evangélico na adolescência, questionou o pastor sobre todo o imbróglio que se desenvolve desde sua eleição para a Comissão de Direitos Humanos. Curiosamente, Feliciano reconheceu que tratou-se de uma questão meramente política ele ter ficado com uma Comissão “quase inexpressiva”. Porém, tem sido valorizada após a sua eleição.
 
Questionado pelo entrevistador sobre a traição do PT, que o indicou e, com isso, desviou a atenção do fato de dois mensalistas condenados ocuparem a Comissão de Constituição e Justiça. O deputado estaria sendo um “bode expiatório”.
 
Feliciano atribuiu a perseguição que tem sofrido à militância LGBT, que segundo ele, exerce uma influência exagerada no Brasil. O pastor negou que seja racista, lembrando que sua mãe é negra e que fez trabalhos na África. Insistindo que suas colocações no Twitter foram distorcidas, tentando se defender de algumas das acusações feitas contra ele.
 
Ressaltou que o governo Dilma está perdendo o apoio dos evangélicos com toda a repercussão negativa de sua eleição. Afinal, o PT abriu mão da presidência dessa comissão após anos, apoiou sua eleição e agora se voltou contra ele.
 
Também negou ser homofóbico, insistindo que “a sociedade brasileira não está preparada” para demonstrações públicas de homossexualismo. Questionado sobre o que faria se um filho fosse homossexual, disse que não aprovaria sua conduta, mas o continuaria amando.
Negou que os pastores ligados à sua igreja sejam funcionários fantasmas da Câmara dos Deputados.  Durante a conversa, o pastor afirmou ainda ser contrário as pesquisas com células tronco, favorável ao sexo somente dentro do casamento, e nega a teoria da evolução.
Curiosamente, Gentili mostrou cenas do talk show de Marco Feliciano, que tem o cenário “inspirado” no do programa Agora é Tarde.

Assista:



 
 
Fonte: Gospel Prime /// Reprodução: Ligado no Gospel
Autor: Jarbas Aragão /// Todos os direitos reservados
Foto: Internet /// Video: Internet
Ao reproduzir, cite todas as fontes acima.