Manifestantes protestam contra Marco Feliciano em SP e Rio

Pela segunda semana consecutiva, a nomeação do deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) à presidência da Comissão de Direitos Humanos ...

Pela segunda semana consecutiva, a nomeação do deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara desencadeou protestos pelo País. Neste sábado, 16, um pequeno grupo de manifestantes fizeram uma passeata na região central de São Paulo.
A manifestação começou na avenida Paulista e terminou na praça Roosevelt. Ela teve adesão, em sua maioria, de integrantes de comunidades LGBT.
O nome do pastor sofre resistência desde a sua indicação para o cargo porque ele, em 2011, se envolveu em uma polêmica. Em seu perfil do Twitter, Feliciano fez declarações consideradas racistas e homofóbicas. Escreveu que o amor entre pessoas do mesmo sexo leva "ao ódio, ao crime e à rejeição". E registrou ainda que descendentes de africanos são "amaldiçoados".

Protesto contra Feliciano reúne 200 no Rio

Pelo menos 200 pessoas participaram neste sábado de um protesto em Copacabana, no Rio de Janeiro, contra a eleição do deputado Federal Marcos Feliciano (PSC) à presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara federal. Representantes de vários grupos de direitos humanos entoaram palavras de ordem em repúdio a declarações do deputado. Também protestaram contra o presidente do Senado, Renan Calheiros.
 
Com informações de Estadão.