Jornalista do SBT comenta críticas sobre suas opiniões

Rachel Sheherazade diz que não tem o perfil de apenas sentar e ler o que está no teleprompter Em entrevista ao portal UOL a jornalist...

Rachel Sheherazade diz que não tem o perfil de apenas sentar e ler o que está no teleprompter


Em entrevista ao portal UOL a jornalista Rachel Sheherazade comentou sobre o grupo de funcionários do SBT que estariam se mobilizando contra os comentários feitos por ela no jornal SBT Brasil e afirmou que usa da liberdade de expressão para exercer suas funções como apresentadora.

Funcionários, incluindo artistas, estariam circulando um abaixo-assinado batizado de “Rachel não nos representa” se mostrando indignados com as opiniões, consideradas por eles como “conservadoras” que a jornalista emite sobre política e religião.

Nessa entrevista Rachel diz que foi contratada para mostrar suas opiniões e não apenas para ler o teleprompter – uma tela acoplada às câmeras com o texto a ser lido pelo apresentador, dizendo também que fala por ela e não pelos funcionários da emissora, seus direitos ou até mesmo o dono, Silvio Santos.

“Ao ser convidada para fazer parte do SBT, pediram-me, simplesmente, que emitisse minhas próprias opiniões. Falasse sobre o que quisesse, com total liberdade”, disse a profissional que ficou famosa por emitir uma opinião sobre o Carnaval.

Sheherazade trocou a Paraíba por São Paulo e já recebeu muitos elogios sobre suas opiniões firmes, mas nas últimas semanas passou a ser criticada dentro da própria emissora. Ela defende a liberdade de expressão e diz que não se pauta pela a opinião da maioria.

“A única coisa que faço é usar esse privilégio da liberdade de expressão todos os dias. Se fosse pautar meus comentários pela aprovação da maioria não teria opinião própria, seria uma marionete de outros interesses. Isso não sou.”

A jornalista sabe que seu trabalho ao mesmo tempo em que gera aplausos também atrai críticas, mas ela está acostumada. “Faz parte do meu trabalho. Não sou apenas uma leitora de teleprompter. Analiso os fatos, dou opinião, me exponho, dou a cara a tapa todos os dias. Se conquisto muitos com minha coragem e franqueza, também incomodo outros”, diz.
Até o momento nem a Rachel Sheherazade, nem a diretoria do SBT tiveram a confirmação de que a tal lista realmente está circulando entre os funcionários, mas apesar dessa hipótese, a jornalista não se arrepende dos comentários que faz e afirma que pensa antes de dizer. 

“Nunca me arrependi de  nada que tenha dito na TV. Até porque não sou uma pessoa leviana. Penso e pondero muito antes de emitir minhas opiniões.”

Fonte: Gospel Prime