Escritor Paulo Coelho diz que Jesus era um "bon vivant" e politicamente incorreto

Em uma entrevista ao jornal The Guardian (Reino Unido), Paulo Coelho falou sobre Jesus Cristo e deu algumas declarações polêmicas.
O escritor ponderou que contradições são bênçãos ao afirmar que Jesus era contraditório.
"Aceite suas contradições. Aprenda a viver com elas. Porque elas não são maldições, são bênçãos. Se retratassem um Jesus sem contradições, os evangelhos seriam falsos, mas as contradições são um sinal de autenticidade. Então, Jesus diz, 'dê a outra face', e aí ele vai lá e pega um chicote", disse.
Ao citar que o primeiro milagre de Jesus foi transformar água em vinho, Paulo Coelho o considerou um bon vivant, ou seja que valoriza e goza os prazeres da vida, e afirmou que ele era politicamente incorreto.
"Ele (Jesus) viajou, bebeu, socializou sua vida toda. Seu primeiro milagre não foi curar um pobre cego. Foi transformar água em vinho, não vinho em água".

Fonte: Guiame
DEIXE SEU COMENTÁRIO ()