Ativistas GLBTT protestam para que Marco Feliciano deixe Comissão de Direitos Humanos

A posse do deputado e pastor Marco Feliciano ao cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados...



A posse do deputado e pastor Marco Feliciano ao cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados tem causado uma série de reações em todo o país, sobretudo nas redes sociais, onde pessoas comuns e celebridades, como a Xuxa, têm apresentado sua opinião contrária à nomeação, e organizado atos de repúdio ao pastor.

Através do Facebook, várias manifestações estão sendo organizadas pelo país, sobretudo por ativistas GLBTT, como forma de exigir que Feliciano deixe o cargo, a maioria deles marcados para acontecer nesse sábado (09). Em São Paulo, onde o ato está marcado para acontecer às 14h na Avenida Paulista, na região central da cidade, mais de 22 mil pessoas já haviam confirmado presença na página do evento na rede social, até o fechamento dessa matéria.


Além das manifestações marcadas para acontecer no sábado, diversos ativistas do movimento gay, e também políticos se manifestaram contra o pastor evangélico, protestaram durante a sessão que confirmou Feliciano como presidente da comissão. Os deputados Domingos Dutra (PT-MA), Chico Alencar (PSOL-RJ) e Jean Wyllys (PSOL-RJ) deixaram a sessão antes mesmo do início da votação, como forma de protesto, e diversos manifestantes chegaram a se deitar nos corredores da Câmara.

Veja os protestos feitos na Câmera :