Gilberto Gil afirma que “Carnaval é invenção do diabo que Deus abençoou”

Acompanhando o Carnaval de Salvador ao lado de sua esposa em seu tradicional “camarote Expresso 2222”, o músico baiano Gilberto Gil co...

Acompanhando o Carnaval de Salvador ao lado de sua esposa em seu tradicional “camarote Expresso 2222”, o músico baiano Gilberto Gil concedeu uma entrevista na qual falou de sua ligação com a festa, e pediu para “Deus e o diabo” abençoarem o Carnaval. Polêmico, o cantor afirmou ainda que “Carnaval é invenção do diabo que Deus abençoou”.
A conversa de Gilberto Gil com a jornalista Ceci Alves, do portal Terra, passou por vários aspectos da festa. Ele falou da reestruturação pela qual o Carnaval vem passando ao longo dos anos, tanto em seu aspecto musical quanto no estrutural, e afirmou que, diferente do que muito dizem, a festa tem cada vez um apelo maior entre público jovem.
O músico falou também dos 15 anos de existência do Expresso 2222, e de como a vinda de músicos de diferentes estilos, como Bono, do U2, e o coreano Psy dialogam com as manifestações culturais típicas do Carnaval brasileiro.

Quando a jornalista pediu para Gil deixar uma mensagem para o público que acompanha o Carnaval, ele pediu para que Deus e o diabo estivessem juntos na festa que para que ambos o “abençoassem” dando energia e tomando conta da festa.

- Carnaval é uma invenção do diabo que Deus abençoou (risos). Então, que os dois estejam juntos no Carnaval. O diabo, como é peculiar, que dê uma injeção de energia, e Deus, por outro lado, que esteja ali, que tome conta, Oxalá dê paz, a busca por harmonia. – declarou o Gilberto Gil.