Bebê que não consegue chorar pode ser caso único no mundo

Problema desconhecido que provavelmente atinge músculos de Maddison Gill (centro) intriga médicos Um bebê de 14 meses que não conseg...

Problema desconhecido que provavelmente atinge músculos de Maddison Gill (centro) intriga médicos
Um bebê de 14 meses que não consegue chorar devido a um problema ainda não identificado deve receber alta em breve depois de ficar em um hospital desde que nasceu. A britânica Maddison Gill também é incapaz de sugar, engolir, engasgar ou tossir - e médicos acreditam que ela pode ser a única pessoa no mundo com esse problema. A criança também tem de ser alimentada regularmente através de um tubo, e deve ser observada a todo o momento. As informações são do Daily Mail.
Os médicos perceberam que havia algo de errado com Maddison, que nasceu em outubro de 2011, quando ela começou a fazer alguns ruídos em vez de chorar após o parto. A suspeita se agravou quando a pequena recebeu sua primeira mamadeira e ficou azul ao tentar ingerir o líquido, necessitando ser ressuscitada. Ela então ficou oito semanas em uma unidade neonatal enquanto a equipe médica tentava entender o que a afetava. Agora, a família se prepara para levar o bebê para casa, depois de aprovada uma intensa rotina de cuidados domésticos.
Maddison já havia sido liberada para a casa quando tinha dois meses de vida, mas seus pais - Tamsin Whately, 21 anos, e Gene Gill, 23 anos - levaram a filha de volta para o hospital depois que ela ficou cinza. Desde então, eles não deixaram mais a companhia dos médicos. A menina passou por inúmeros procedimentos, incluindo traqueostomia e gastrostomia para ajudá-la a respirar e se alimentar, mas seu problema permanece um mistério.
"Ela tem uma condição neuromuscular que ainda não foi diagnosticada. Essencialmente, ela não possui reflexos", afirmou a mãe, que já trabalhou como enfermeira de berçário. "A aparência dela é completamente normal, e ela 'copia' algumas coisas, como expressões faciais para sorrir e soprar, mas ela não consegue chorar, engolir, ou praticar qualquer ação parecida."


Com informações Mail Online / Terra / Ligado no Gospel 2013